Bootstrapping

      Comentários desativados em Bootstrapping

Bootstrapping

Um grande benefício de gerenciamento na nuvem AWS, é a capacidade de atribuirmos scripts de gerenciamento de hardware em uma instância virtual, de uma maneira que não é possível com o hardware local. Para realizar esta atividade, deve haver alguma maneira de configurar instâncias e instalar aplicativos de forma programática quando uma instância é iniciada. O processo de fornecer o código a ser executado em uma instância na inicialização é chamado bootstrapping.

Resultado de imagem para userdata aws

Um dos parâmetros quando uma instância é iniciada é um valor de string chamado UserData. Essa seqüência é passada para o sistema operacional para ser executada como parte do processo de inicialização a primeira vez que a instância é iniciada. Em instâncias do sistema operacional Linux, isso pode ser script shell e, nas instâncias Windows, esse pode ser um script de estilo de batch ou um script de PowerShell. O script pode executar tarefas como:

  • Aplicação de patches e atualizações ao SO
  • Inscrição em um serviço de diretório
  • Instalação de software aplicativo
  • Copiando um script ou programa mais longo do armazenamento para ser executado na instância (por exemplo, a partir de um S3 Bucket)
  • Instalando Chef ou Puppet e atribuindo a instância uma função para que a configuração de software de gerenciamento possa configurar a instância

UserData é armazenado com a instância e não está criptografado, por isso é importante não
incluir quaisquer segredos como senhas ou chaves no UserData

Resultado de imagem para userdata aws